Tuesday, September 20, 2005

Um tranquilizante natural



Takk... - Sigur Rós


«Takk» («Obrigado») é o quarto álbum dos Sigur Rós. Sendo um agradecimento do grupo aos milhares de fãs que um pouco por todo o mundo, transformaram este projecto num objecto de culto. Realce-se a este propósito, a entrada directa deste novo trabalho para o 5º lugar do top nacional de vendas.

Muito provavelmente, a data escolhida para o lançamento deste trabalho, não foi escolhida ao acaso, já que, este é claramente um álbum de fim de estação estival, um álbum de exteriores, a ser ouvido em interiores quentes e confortáveis.

Através dos 11 temas do álbum, o ouvinte é transportado para as maravilhosas paisagens islandesas, onde a profusão de sons se torna por vezes melancólica, sendo outras vezes, uma pugente libertação através de caminhos encantados.

Em termos estéticos, este quarto álbum dos Sigur Rós apresenta algumas alterações, quer em relação ao tipo de sonoridades apresentadas (parece existir aqui uma aproximação a universos tendencialmente mais pop/easy-listening), quer por ser a primeira vez que a banda canta em islandês, embora mantenha em grande parte dos temas, a utilização do «Hopelandish», o dialecto inventado pela banda (conjunto de sons que juntos, formam música).

Um disco fundamentalmente de ambientes, de sons e de vozes, onde a palavra e o conteúdo literário são suplantados pela profusão de sons, capazes de fazerem o ouvinte entrar num mundo encantado de sonhos.

Importará não perder em Novembro (dia 20), o verdadeiro ritual iniciático que se viverá no Coliseu dos Recreios, a cargo destes mágicos islandeses.

Alinhamento:
01- Takk...
02- Glosoli

03- Hoppipolla
04- Meo Blodnasir
05- Se Lest
06- Saeglopur
07- Milano
08- Gong
09- Andvari
10- Svo Hljott
11- Heysatan

A ouvir na íntegra em Myspace.