Friday, September 02, 2005

Do grande Porto para o Mundo...



Éramos Assim - Boitezuleika


Os Boitezuleika nascem enquanto banda no Porto em 2000. Infelizmente, tal como tem acontecido com outros bons projectos da música portuguesa, demoraram a conseguir sair do total anonimato. Depois de algumas entradas e saídas de elementos, factor também ele comum a outros projectos, conseguiram o seu momento de viragem, ao vencerem o concurso de novos valores (Quinta dos Portugueses) da Antena 3. Com este prémio, tiveram direito a uma passagem pelo Superbock-Superock de 2004, para além da possibilidade de gravação deste primeiro álbum. Tendo dado recentemente um excelente concerto no Festival do Sudoeste.

«Éramos Assim» é o título do álbum, sendo igualmente o título de uma das melhores faixas deste trabalho. Trabalho que reflecte as deambulações de um grupo de jovens músicos, contando com um alinhamento bastante diversificado, onde se misturam temas com sonoridades próximas da música tradicional portuguesa, a soar a Fausto, temas mais divertidos e leves, onde a inocência e espírito jovem vêm ao de cima e temas que podiam ter origem do outro lado do atlântico, descontando o facto de serem cantados em português.

Com produção de Pedro Renato, músico e produtor (Belle Chase Hotel, Azembla´s Quartet) foi em Coimbra que, este grupo do Porto gravou um conjunto de canções desiguais, que no entanto constituem uma excelente primeira apresentação das capacidades deste colectivo.

Num alinhamento com alguns momentos altos são de destacar temas como: «Marcha Sambada»; «Éramos Assim»; «Quiseram Roubar-me esta Noite»; «Tóxico Prostituta» e ainda «Bolero do Coronel Sensível Que Fez Amor em Monsanto», música da autoria de Vitorino, com um poema de António Lobo Antunes. Isto claro, para além do, apenas divertido, single de apresentação, o já conhecido «Cão Muito Mau», que de forma alguma representa o estilo musical dos Boitezuleika.

Alinhamento:
01- Cão Muito Mau Intro

02- Cão Muito Mau

03- Cidade de Marionetas

04- Espero-te Na Estação (Comboio)

05- Marcha Sambada

06- Éramos Assim
07- Circo Do Amadeu
08- Quiseram Roubar-me Esta Noite
09- Tóxico Prostituta
10- É O Ego
11- Bolero Do Coronel Sensível Que Fez Amor Em Monsanto
12- Morte Em Tempo Real
13- Adoro O Perigo
14- Bola De Sabão