Tuesday, May 03, 2005

«Fadugal»



Transparente - Mariza


Foi editado no dia 25 de Abril, o terceiro álbum da carreira da fadista portuguesa Mariza. «Transparente» foi gravado durante os primeiros meses de 2005, no Brasil, com produção de Jaques Morelenbaum.

Depois do enorme sucesso alcançado com os seus dois primeiros álbuns, «Fado em Mim» e «Fado Curvo», Mariza decidiu que não queria limitar-se a repetir a fórmula de sucesso. Procurou que «Transparente» fosse um álbum diferente e inovador. Para tal, contrariando as tradições portuguesas de concepção de discos de Fado, resolveu gravar este seu terceiro álbum no Brasil, com a produção de Jaques Morelenbaum.

Será precisamente a produção de Morelenbaum, o aspecto mais controverso e discutível deste trabalho de Mariza. A sonoridade alcançada, nomeadamente pelos arranjos "alternativos" feitos nos fados tradicionais e, particularmente, pela predominância dos conjuntos de cordas (violoncelo, violinos) em grande parte dos temas, poderá desvirtuar um pouco aquilo a que os puristas do Fado estão habituados a ouvir.

No entanto, apesar de em alguns momentos parecer que a voz e excelência interpretativa de Mariza dispensavam os floreados clássicos, na maior parte do disco, o acompanhamento dos instrumentos clássicos funciona bem, corporizando a música e dando-lhe extensão. Mariza nunca será Amália, primeiro porque as divas dos tempos modernos nunca se poderão comparar às de outrora, depois porque Amália era uma Fadista clássica, nascida e criada num Portugal fechado para o Mundo, enquanto Mariza é uma cidadã do mundo, recebendo e interiorizando influências de diversos universos musicais.

Recorrendo a fados tradicionais e a temas compostos propositadamente para si, Mariza canta poesia de Vasco Graça Moura, Alexandre O'Neill, Florbela Espanca e Fernando Pessoa, entre outros, como Fernando Tordo, Aldina Duarte, Paulo Abreu Lima, Rui Veloso e Paulo de Carvalho, autor da letra e música do primeiro single do álbum - «Meu Fado meu».

Mariza faz ainda uma homenagem a três dos principais nomes do Fado Português, interpretando temas popularizados por Amália Rodrigues («Medo»), Fernando Maurício («Quando Me Sinto Só») e Carlos do Carmo («Duas Lágrimas de Orvalho»).

Este é, pois, um álbum recheado de motivos de interesses da mais premiada voz portuguesa da actualidade, vencedora do reputado prémio da BBC Radio 3 para a Melhor Intérprete Europeia na área da World Music em 2002, e do European Border Breakers Award de 2004.

Alinhamento:

1. Há Uma Música Do Povo
2. Meu Fado Meu
3. Recusa
4. Quando Me Sinto Só
5. Montras
6. Há Palavras Que Nos Beijam
7. Transparente
8. Fado Português De Nós
9. Malmequer
10. Medo
11. Toada Do Desengano
12. Fado Tordo
13. Duas Lágrimas De Orvalho
14. Desejos Vãos

Video do Making Of de «Transparente»