Thursday, January 27, 2005

Selo de Qualidade


Tudo é Para Sempre - Donna Maria


Esta é certamente uma das mais interessantes propostas da nova música Portuguesa. Este será muito provavelmente um dos melhores álbuns portugueses de 2005 (isto pese embora o facto de o álbum ter sido editado em Novembro de 2004).

Este é um projecto idealizado por Miguel Ângelo Majer (bateria, sampler, voz e programações), com a colaboração de Ricardo Santos (teclados) e da lindíssima Marisa Pinto (voz). Sublinhe-se a satisfação por ver que existe capacidade de inovação e espírito empreendedor em jovens músicos portugueses.

Diga-se que é com grande agrado que se assiste à evolução e crescimento duma jovem cantora (Marisa Pinto), que deu os primeiros passos no programa " Os Principais" da RTP, e que depois passou pelos coros desse e de outros programas da estação pública. Nota-se, para além do crescimento como pessoa, uma alteração, para melhor, do seu já outrora bonito timbre.

Este trabalho de estreia dos Donna Maria, será muito provavelmente mais uma das injustiças do pitoresco mercado musical português. Teme-se que, apesar de recolherem quase unanimemente a aprovação da crítica da especialidade, este álbum acabe por não chegar ao público tal como deveria acontecer.

E isso infelizmente, devido ao desinteresse que as massas demonstram ter pela boa música portuguesa, especialmente quando é feita por (ainda) desconhecidos. Veja-se por exemplo o projecto Anaifa e o impacto mediático/vendas que alcançou no mercado Português. Irrisório para a sua qualidade. Tal e qual como se teme que possa acontecer com os Donna Maria.

No entanto, importa reafirmar a excelência deste trabalho que conta para além dos três membros referidos, com colaborações verdadeiramente surpreendentes, especialmente, para uma banda que está a começar.

Destaque para os duetos com Paulo de Carvalho («Quase Perfeito»), Vitorino («Lado a Lado» - versão do original de Tony de Matos), Pedro Luís («Azulejos Voadores»), Letícia Vasconcelos («A Tua Luva»). O álbum conta ainda com a colaboração de Ciro Cruz (um dos melhores baixistas brasileiros que toca com Gabriel O Pensador), Paulinho Moska (autor de «Agora já é Tarde») e Gil do Carmo que declama o poema que encerra o álbum - «Sempre para Sempre»

Para além dos originais este trabalho tem ainda versões de «Estou Além» de António Variações e «Foi Deus» de Alberto Fialho Janes, imortalizado na voz de Amália Rodrigues, e que foi o cartão de visita dos Donna Maria presentes na compilação «Amália Revisited».

Num projecto que é definido pelos próprios como tendo: «fortes influências da música electrónica e uma alma profundamente portuguesa bem patente no recurso a instrumentos tradicionais, como a guitarra portuguesa ou o acordeão. Neste contexto, os Donna Maria pretendem devolver a desejada frescura à Música Portuguesa através da sua visão electrónica e contemporânea.», destaque ainda para o DVD que acompanha o álbum e que contêm 12 videoclips (1 por música), para além de entrevistas. Uma mais valia!

ALINHAMENTO
1. Quase Perfeito
letra: Miguel A. Majer música: Miguel Rebelo
2. Dois Lados Do Mesmo Adeus
letra: Manuel Lourenço e Miguel A. Majer música: Manuel Lourenço
3. Lado a Lado
letra e música: Nobrega e Sousa e Jerónimo Bragança
4. Pão Para a Multidão
letra: Miguel A. Majer música: João Pico
5. Sem Marcha Atrás
letra: Miguel A. Majer música: Donna Maria
6. Foi Deus
letra e música: Alberto Fialho Janes
7. Azulejos Voadores
letra e música: Pedro Luís
8. Aqui Tão Perto de Ti
letra e música: Mucio Sá
9. Estou Além
letra e música: António Variações
10. Agora Já É Tarde
letra e música: Paulinho Moska
11. A Tua Luva
letra: Miguel A. Majer música: Ciro Cruz
12. Sempre Para Sempre
letra: Miguel A. Majer música: Gil do Carmo e Ricardo Santos

DVD:12 Vídeo clips + Entrevistas.

Informações retiradas do Blog Oficial