Wednesday, September 29, 2004

O Saudável Louco está de volta...


Real Gone - Tom Waits


Mais um álbum conceptual, recheado de momentos soturnos e esquizofrénicos. Tom Waits volta a utilizar a forma de sucesso de Alice e Blood Money. São 15 temas(mais uma faixa escondida), mas poderiam ser muitos mais, a fórmula é antiga, mas, não restam dúvidas de que continua a ser Waits, reconhecivel aos primeiros acordes de cada faixa.

O álbum começa com um «Top of the hill» carregado de influências funk-pop-jazz e termina com uma espécie de rap punk. Pelo meio, encontramos grandes temas como «How's it gonna end»; «Dead and lovely» e «Trampled rose».

Depois encontramos dois temas que marcam indubitavelmente este álbum, porque representam a sua alma, a sua mensagem e o seu verdadeiro propósito, são elas:
«Sins of My Father», com mais de 10 minutos de duração em que Tom Waits parece entrar num carrosel de uma qualquer feira que acabou de chegar a um lugar sombrio, cheio de mistério e crime, onde a figura de um pai pecador atormenta a mente deste ser estranho.
«Day After Tomorrow», um tema a fazer lembrar o grande Johnny Cash, num misto de country-folk, com uma clara mensagem política, carregada de uma enorme lucidez e simplicidade, escrita do ponto de vista de um jovem soldado de 21 anos ansioso por regressar a casa vindo do além mar:

«I'm not fighting for justice...I'm not fighting for freedom, I'm fighting for my life...and another day in the world here»