Thursday, September 30, 2010

El Guincho - Pop Negro
















O catalão, El Guincho estará em Lisboa no dia 23 de Outubro integrado no festival Jameson Urban Routes, que se realizá no Musicbox a apresentar o seu novo álbum «Pop Negro».

Tuesday, September 28, 2010

Os Golpes: Novo single e concertos especiais!




















«Os Golpes oferecem disco de edição limitada em dois concertos. 


Com o objectivo de marcar o intervalo entre o primeiro disco e o que se seguirá, Os Golpes decidiram registar as canções que criaram entretanto num fonograma de curta duração - um Meio Disco que marcaram com o ferro da sua inicial, "G". Quiseram tornar esse disco especial, desde a capa, que conta com a mão de duas artistas (uma para cada cidade), até aos espaços onde o apresentarão ao vivo. 

Uma das canções que gravaram já anda por aí, chama-se "Vá Lá Senhora" e tem a participação do Rui Pregal da Cunha, que também marcará presença nos espectáculos. 

Embalados por esta dança, Os Golpes decidem oferecer o disco a quem se quiser juntar à festa, em edição numerada e exclusiva! 

Os bilhetes custam 10€ e podem ser adquiridos em amorfuria.pt, brevemente em Ticketline.pt, na bilheteira do Museu da Marioneta (apenas para o concerto de Lisboa) e nos locais no dia do concerto» in Myspace

Monday, September 27, 2010

Blonde Redhead - Penny Sparkle




















Três anos depois de «23», os Blonde Redhead estão de volta com «Penny Sparkle». Gravado entre Estocolmo e NY, este novo disco de originais perdeu o peso rock  "mais a abrir" de «23» mas ganhou ares de Suécia. Está mais melancólico, mais pop, mas simultaneamente mais viciante e envolvente. Um álbum para viagens de carro ao final do dia ou para momentos de entrada em modo «doce relax introspectivo». Importa que quem tome contacto agora com estes norte-americanos, fique a saber que a banda foi formada em 1993 e conta já com sete álbuns de originais, sendo provavelmente «23», de 2007, o seu melhor álbum. 

Sunday, September 26, 2010

Novo Projecto: Eclectismo Musical Radio
















O Eclectismo Musical lança hoje (em emissão experimental) um novo projecto: Eclectismo Musical Radio! Nesta fase experimental as emissões de «live djing» serão irregulares (serão sempre anunciadas no Facebook)  e terão limitações no número de ouvintes em simultâneo.

Para ouvir bastará escolher o vosso leitor preferido, carregar no link e abri-lo na aplicação correcta:

Winamp (aqui), Itunes (aqui), Windows Media Player (aqui), Outros Players (aqui).

De realçar que se a opção for o Winamp, Itunes (ou alguns outros players) terão disponível o nome dos artistas e das músicas, o que não será possível via Windows Media Player.

O Feedback é bem vindo no Facebook...

Saturday, September 25, 2010

Canal do EM no Youtube ultrapassa as 800 MIL visualizações!!


























O canal do Eclectismo Musical no Youtube, que conta com 333 videos adicionados, ultrapassou as 800 Mil visualizações!! Os vídeos relativos aos Festivais: Alive e Super Bock Super Rock, juntamente com o concerto dos Muse,são os principais motores destes números! Em jeito de balanço, aqui fica uma playlist com alguns dos melhores videos colocados.
Mais para ver aqui!

Friday, September 24, 2010

Azevedo Silva: 1º single do novo álbum


















Foi disponibilizado o 1º single do novo Álbum de Azevedo Silva - Carrossel  - a ser editado, em formato digital, no início do próximo mês.



















Pode-se ler da press distribuída que: "O mercado musical alterou-se e a sua visão também. Este é um disco que com menos temas, oferece mais de Azevedo Silva. Mais pessoal, mais humano e com um tema muito especial que serve de resposta a uma canção do Foge Foge Bandido de Manel Cruz".
 

Para quem ainda não conhece, Azevedo Silva é um cantautor, um singer-songwriter a quem no Brasil apelidaram de Fado-Indie e que apresenta palavras cruas, duras e de uma urbanidade por vezes suja, carregada pelo peso dos dias e das emoções. Por vezes lamento, por vezes conformismo, por vezes catarse, Azevedo Silva é um dos mais promissores artistas portugueses.

O Eclectismo Musical já anteriormente: aqui, aqui e aqui tinha chamado à atenção para o facto de, para além de o trabalho do Azevedo Silva ser de excelente qualidade, estar disponível para download gratuito no myspace do autor via Lástima.

"a geração subprime, entalada e encostada às cordas do ringue, sem futuro, sem opções e com as ideias asfixiadas. dixit Fernando Matias Produtor" Mas, acrescentamos nós, como muito talento e vontade de fazer coisas novas com qualidade...

Mais novidades em breve...

Wednesday, September 22, 2010

Beach House: Nova Música
















Victoria Legrand e Alex Scally, isto é, os Beach House não param a sua produção criativa e, aproveitando o embalo que o excelente álbum «Teen Dream» lhes conferiu, lançam agora uma nova música especialmente para o Itunes. Para ouvir, «White Moon»:
Beach House - White Moon (Itunes Session) by subpop

Tuesday, September 21, 2010

‎Mica presents..."a place to be.." with Message to Bears


O excelente podcast "a place to be.." de Mica apresenta no seu número 8, uma entrevista e set acústico com a banda «Message to Bears». Inicialmente num formato apenas podcast, Mica tem vindo ao longo do tempo a experimentar novas formas de comunicação, com a realização de videocasts, dando a conhecer assim de uma forma mais interactiva projectos ainda pouco conhecidos.

Um projecto muito interessante a seguir com atenção!



"a place to be.." with Message to Bears from Mica on Vimeo.

Monday, September 20, 2010

Girls - Album















Faz agora um ano que os Girls lançaram um dos melhores discos de 2009 - Album. Para recordar aqui fica «Hellhole Ratrace», o primeiro single da banda.

Friday, September 17, 2010

Entrevista (e Bootleg exclusivo): Noiserv

Noiserv é um dos mais interessantes projectos da música feita em Portugal. Recentemente lançou via Optimus Discos, o EP «A Day in the Days of The Days» que será oficialmente apresentado no próximo dia 25 de Setembro em Lisboa, na tenda do Chapitô. David Santos, o nome por detrás de "version quase invertido" tem vindo a consolidar-se aos poucos como um dos mais originais e completos músicos portugueses, apresentando-se sozinho em palco, mas criando um ambiente sonoro extremamente rico, através do recurso à loop station. David Santos esteve à conversa com o Eclectismo Musical e deu-se a conhecer melhor. Em paralelo, apadrinhou o projecto que o Blog lança hoje em exclusivo - um "bootleg" autorizado - do concerto que Noiserv deu no passado dia 5 de Julho, no Teatro A Barraca, em Lisboa. Assim, no final desta entrevista terão disponível o link para o download do Bootleg especial!

«Noiserv». O nome foi escolhido por ser tão complexo como o projecto? Como descreves o Noiserv e o David?
O nome foi uma consequência do acaso, tinha de decidir um novo para concorrer com uma demo a um concurso, inverti um dos nomes que tinha num papel, neste caso "version"...e ajustando uma letra resultou noiserv :)...hoje em dia acho que seria impossível ter outro nome para descrever o que faço...Noiserv acaba por ser a forma de o David, Eu,se transcrever para música, é um projecto de uma só pessoa, por isso acaba por ser a própria pessoa...com ilusões, sonhos, tristezas, felicidades, vontades e apatias...

Depois do EP "56010-92”, em 2005, como foi o processo criativo até chegares aos Optimus Discos e ao EP "A day in the day of the days"? 
Depois de em 2005 ter editado o "56010-92” muita coisa aconteceu, sendo a principal delas a edição do primeiro longa-duração "One Hundred Miles From thoughtlessness" em Novembro de 2008. Com este disco consegui perceber uma bocadinho melhor o que sou capaz de fazer e que caminho seguir, muitos concertos se seguiram e muitas coisas aprendi...a seguir veio este EP...
O processo criativo...é como um ser humano, temos de alimentá-lo até morrer, porque só aí termina...Acho que a base de tudo é a satisfação que as coisas nos possam dar...

Falavas do "One Hundred...", o álbum que te permitiu começar a ter o reconhecimento da crítica e do público, para quando está previsto um novo trabalho completo de originais? 
A minha ideia ao fazer este EP era precisamente ter algo conceptual que intercalasse dois discos longa duração...assim sendo o próximo passo será o segundo disco, em termos de datas e não querendo precipitar o tempo, julgo que o disco estará pronto em 2011!

A utilização da loop station foi uma definição conceptual que sempre idealizaste?
Não sou uma pessoa de grandes idealismos, as coisas acontecem como consequência de outras que já eram consequência de coisas anteriores. O uso da loop station acabou por ser consequência de eu ser apenas uma pessoa e achar interessante poder tocar mais que um instrumento, ao experimentar achei que podia resultar...

Antes do EP de 2005 já tinhas feito música?
Desde os 14/15 anos que fui tendo algumas bandas...embora considere que tudo começou para Noiserv com a gravação desse EP de 2005, acho que a vontade de fazer música começou muito antes...e foram as experiências que tive nesse "antes" que permitiram perceber o que queria fazer depois... 

Em Abril deste Ano participaste no «1st European Songwriter Workshop» na Áustria, como descreves a experiência? 
Foi uma experiência muito enriquecedora a todos os níveis...pessoal e musical...foi algo que espero vir a repetir um dia...em poucos palavras...foi uma das melhores semanas da minha vida...e resumindo foi passar 24h horas por dia com um conjunto de pessoas (25 pessoas) em que o único objectivo é partilhar com o outro o que tu és e exprimires-te através da musica...deixo aqui o diário que fiz na altura.
  

Como consideras ser o «estado d'arte» da música feita em Portugal?
Eu acho que a música em Portugal, feita por portugueses, está neste momento num dos melhores momentos desde que me conheço, não só por cada vez termos mais e boas bandas, mas porque acho que as mentalidades estão também a mudar um pouco, acho que cada vez mais valorizamos o que é feito por cá, e acho esse o aspecto mais importante para que possamos evoluir e acreditar no que fazemos...

A tua música apresenta uma Portugalidade onde a melancolia encontra o seu espaço muito marcado, ouvia-se muito Fado em casa dos teus pais?
Curiosamente nem o meu pai nem a minha mãe são grandes admiradores de fado, acho no entanto que de uma ou outra forma, e falando de música, a melancolia sempre teve presente na minha vida e na minha casa. Acho a melancolia uma das melhores coisas da vida pois é a triste saudade feliz de alguma coisa..:)

Vamos ser práticos: o Festival Alive onde tocaste no dia 10 de Julho apresentou nomes como Local Natives, The Drums, Girls, Hurts, etc, isto é, bandas que estão apenas a começar. Quanto é preciso investir para músicos portugueses (a criar em inglês) marcarem presença nos festivais internacionais? O problema é dinheiro para divulgação ou o que está a falhar?   
Realmente não sei o que é preciso para que isso aconteça, mas sei que esse é um dos pontos mais importantes que falta às bandas portuguesas para poderem aos poucos começar a afirmar-se lá fora, e com isso poderem também crescer e acreditar mais no seu valor...Acho que um dos grandes problemas é que no estrangeiro Portugal significa Fado e pouco mais e, assim sendo, pensarão os organizadores desses festivais que nada podem vir buscar a Portugal...acho que não nos podemos também esquecer que estamos na ponta da Europa e para chegarmos ao centro da mesma, onde tudo acontece, temos de passar por Espanha e França, dois Países muito fechados na sua própria cultura, ou seja se um alemão pega num carro e percorre parte da Europa, um português precisa de um avião para chegar à mesma zona...e isso ao longo dos anos acho que nos desliga e distancia de tudo o resto... 
 

O teu arranque foi potenciado pela inovadora netlabel Merzbau, agora a participação no Projecto Optimus Discos, o próximo passo é assinar por uma major?
O próximo passo não sei qual será, gostava de fazer um bom próximo disco, algo que me deixe orgulhoso e que sinta que fiz o meu melhor, a forma de o divulgar ou promover será apenas uma etapa mas nunca o fundamental desse objectivo...logo se vê...espero que corra bem...

Como é a vida profissional do David para além do Noiserv? 
Além de noiserv tenho uma licenciatura em Engenharia Electrotécnica e Computadores e é como Engenheiro que trabalho diariamente na faculdade num projecto de investigação na área da acústica de salas...
  

O David é mais Noiserv ou "You Can't Win, Charlie Brown"?
O David é o Noiserv e/ou vice-versa, ao ser um projecto de uma só pessoa é um género de auto-retrato, não uma personagem inventada ou criada, sou eu mesmo...Os "You Can't Win, Charlie Brown"é diferente é um grupo de 6 pessoas onde uma delas sou eu, é um trabalho de grupo... 

Que nomes colocavas no teu "festival ideal"?
hmm...contando com os vivos e com os não vivos, acho que seria algo como Radiohead | Sigur Rós | Explosions in the Sky | Múm | Bjork | Grizzly Bear | Jeff Buckley | Arcade Fire | Elliot Smith | Sunset Rubdown | DeVotchKa | Beirut | noiserv  (isto para os poder conhecer a todos :)).

O que achas dos novos veículos de comunicação, és um utilizador convicto? Que meios utilizas? 
Acho que a Internet veio revolucionar a forma de chegar às pessoas, não sou um utilizador convicto mas sou um utilizador consciente da importância dessas ferramentas e por isso mesmo tento estar actualizado e perceber a forma de as usar correctamente, embora nem sempre o consiga. Fazendo uma lista dos mais relevantes:
  

Uma última questão, tens planos/objectivos de carreira definidos? Se sim, quando perspectivas a tua carreira assusta-te o facto de poderes vir a ser um nome importante no panorama internacional e um perfeito desconhecido em terras lusas?
Não gosto muito de fazer planos e de traçar objectivos pois são o principio para a desilusão e para a frustração, no entanto acho que é o objectivo de qualquer pessoa que esteja envolvida em música poder um dia ser um nome importante e poder marcar um período ou geração...não me assusta o que dizes pois as coisas acontecem porque tem de ser e será como tiver de ser...apenas tenho de fazer o meu melhor em  tudo o que me envolva e exigir o meu esforço máximo nesta área que sempre foi o meu sonho, o resto acontecerá como tiver de acontecer...


E assim ficámos a conhecer um pouco mais de David Santos e do seu projecto Noiserv. Apadrinhado pelo próprio, surge a edição por parte do Eclectismo Musical de um bootleg (audio), depois da versão vídeo disponível no Youtube, do concerto dado pelo músico no Teatro a Barraca, em Lisboa. 



















 
Download disponível:

Aqui , Aqui ou Aqui!

Monday, September 13, 2010

Revista Golden Ticket #2





















O interessante Blog sobre Cinema «Golden Ticket», lançou o nº 2 da sua excelente revista sobre Cinema, a que o Eclectismo Musical agora se associa. Vale a pena uma leitura!
Revista Golden Ticket #2 -  download aqui
Revista Golden Ticket #1 - download aqui

Friday, September 10, 2010

Eclectismo Musical - 6 anos





















O Eclectismo Musical completa hoje 6 anos de vida! Foi no dia 10 de Setembro de 2004 que este projecto começou a ganhar forma. Seis anos depois, um novo visual, um novo logo, no fundouma nova vida para este blog que de entre os seus principais momentos, podemos destacar: a eleição como Blog do Mês do Cotonete; o crescimento acentuado do número de visitas diárias, a entrada e crescimento nas redes sociais e as quase 800,000 visualizações de videos no seu canal do Youtube!

Para breve estão previstas mais novidades, de entre as quais se destaca a existência de momentos de entrevista e a disponibilização de conteúdos exclusivos.

Sem os leitores, este projecto não faria sentido e, como tal, a todos os que têm comentado, partilhado ou simplesmente visitado, um muito obrigado!

Thursday, September 09, 2010

Portugal, os Concertos e a Crise















Portugal está em crise. O mundo está em crise. Aqui fica a lista de alguns dos principais concertos programados para Portugal até ao final de 2010.  Longe vão os tempos da falta de diversidade e qualidade da oferta de concertos. A pergunta será: Não caminhamos para o extremo oposto? Como diria Jô Soares: "Se existe tanta crise é porque deve ser um bom negócio."

10 de Setembro

Leonard Cohen (a partir de 30€)

12 de Setembro

Supertramp (a partir de 30€)

19 de Setembro

Eels (25€)

22 de Setembro

Goldfrapp (a partir de 30€)

2 e 3 de Outubro

U2 + Interpol (a partir de 35€ ou a partir de 150€ no mercado negro)

6 de Outubro

Guns n' Roses (a partir de 32€)

7 de Outubro

Andrew Bird (a partir de 25€)
Placebo (30€)

16 de Outubro

Joan As Police Woman + Tiago Bettencourt & Mantha (a partir de 12,50€)
Mark Kozelek + Foge Foge Bandido (a partir de 12,50€)

17 de Outubro

Lloyd Cole + Piers Faccini (a partir de 20€)

20 de Outubro

The Swell Season (23€)

28 de Outubro

Tindersticks (a partir de 20€)

7 de Novembro

Broken Social Scene (a partir de 23€)

10 de Novembro

Vampire Weekend (a partir de 24€)

11 de Novembro

The Drums (a partir de 22€)

12 de Novembro

Interpol (a partir de 30€)

14 de Novembro

The Walkmen (a partir de 25€)

18 de Novembro

Arcade Fire (a partir de 34€)

22 de Novembro

Joe Satriani (a partir de 25€)

24 de Novembro

Gogol Bordello (a partir de 23€)

29 de Novembro

The Divine Comedy (a partir de 10€)

3 de Dezembro

James (a partir de 25€)

18 de Dezembro

MGMT (a partir de 30€)

Feitas as contas, e seleccionando apenas alguns dos mais significativos concertos até ao final do ano, chegamos ao bonito número de 553,50€. Isto claro se, em muitos casos, quisermos apenas ouvir. Já que, se quisermos ver alguma coisa teremos que somar mais uns quantos euros a cada concerto, uma vez que os preços indicativos foram para os lugares mais baratos, alguns, declaradamente com "visão reduzida". Assim vai o mundo. "É a cultura, estúpido!"

Tuesday, September 07, 2010

The Walkmen - Lisbon


















De tempos a tempos uma banda alcança em Portugal níveis de culto apreciáveis e passa a merecer especial atenção dos melómanos nacionais. Basta pensar nos dEUS ou nos Lamb, para concluir que, através de fenómenos mais ou menos comerciais, por vezes os portugueses (sim, ainda que apenas alguns) adoptam uma nova banda como sua. E dizem os entendidos que, se há coisas que os Portugueses sabem fazer bem, demonstrar o apreço e carinho por uma banda está claramente no Top. Nem sempre as bandas reconhecem esse apreço mas, de tempos a tempos, surge uma demonstração de apreço por parte dos criadores de bons momentos.

Dizia o vocalista dos «The Walkmen», Hamilton Leithauser que "Nunca tivemos muita sorte na Europa mas os portugueses receberam-nos muito bem. As duas visitas a Lisboa deram-nos motivação para gravarmos este disco". Ora em jeito de agradecimento, os The Walkmen decidiram dar ao seu mais recente álbum, a editar no próximo dia 13 de Setembro, o título: «Lisbon».

O disco está em pré-audição (por inteiro) no site da NPR e pode ser ouvido aqui!

Monday, September 06, 2010

Antony & The Johnsons - Thank You For Your Love EP



















Antony Hegarty e os seus fieis acompanhantes, The Johnsons, lançaram no dia 30 de Agosto um EP com cinco faixas fortemente inspiradas na escrita de John Lennon e Bob Dylan. Assim, para além de «Thank You For Your Love», que será o primeiro single do próximo álbum, «Swanlights» a editar no próximo dia 11 de Outubro, este EP apresenta dois covers que dispensam grandes apresentações: «Imagine» de Lennon e «Pressing On» de Dylan.


Saturday, September 04, 2010

EM REPEAT: Arcade Fire - Concerto ao vivo















Continua disponível (por tempo limitado) o vídeo integral do histórico concerto que os Arcade Fire deram no início de Agosto, no Madison Square Garden, que contou com a realização de Terry Gilliam e foi transmitido para todo o mundo em directo através do Youtube.

(((Eagle Winged Palace))) - Where We're Coming From























 

Entrar no mundo dos (((Eagle Winged Palace))) implica não ter medo de percorrer os, por vezes tenebrosos, por vezes maravilhosos, caminhos do Fantástico. O ambiente sonoro destes californianos está nos antípodas do estereotipo Califórnia=Praia=Sol=Alegria. No mundo dos (((Eagle Winged Palace))) existem nuvens, penumbra, sombras, fantasmas, espíritos da lua, ventos uivantes, vozes inesperadas que surgem do meio da neblina para mostrarem o seu poder, ainda que na forma de doces canções folk, em formato acústico e com fantásticas vozes e coros.
Os (((Eagle Winged Palace))) acabaram de lançar o seu primeiro LP “Where we’re coming from”, disponível no blog oficial.

WHERE WE'RE COMING FROM (2010) by CASHEW

Friday, September 03, 2010

Rockamovya - Rockamovya



















Rockamovya é o side project dos Groundation, uma das mais interessantes e surpreendentes bandas no universo do Reggae.Três dos membros fundadores dos Groundation (Harrison Stafford,Marcus Urani e Ryan Newman) juntaram-se em 2008, ao legendário baterista jamaicano Leroy 'Horsemouth' Wallace e ao aclamado guitarrista de Jazz, Will Bernard e deram forma aos Rockamovya.

O som produzido foi uma extraordinária mescla entre as raízes do Reggae e o Jazz Moderno, com grandes momentos de Fusão e de Jam's que conferiram uma enorme originalidade e qualidade ao som dos Rockamovya.

Para recordar:

Thursday, September 02, 2010

Festival Sintra Misty em Outubro












Já está encerrado o cartaz da primeira edição do festival Sintra Misty, que se realiza entre 15 e 17 de Outubro no Centro Cultural Orquestra Cadaval, em Sintra. Entre os nomes grandes do evento estão Mark Kozelek, Lloyd Cole, Joan As Police Woman e Piers Faccini.

O festival vai contar com dois espaços de concertos: as duas salas do Centro Cultural Olga Cadaval, ou seja, o Auditório Jorge Sampaio (que acolherá os concertos principais) e o Auditório Acácio Barreiros (mais pequeno, que receberá os concertos das bandas da editora Optimus Discos).

Além destes dois espaços de concertos, o festival contará também com as Misty Sessions, a decorrer num dos espaços do Olga Cadaval, com concertos e sessões de DJs a partir das 00h00. 

Cartaz completo disponível aqui!

O Eclectismo Musical não pode deixar de observar que não está disponível a opção «Passe Festival», ou seja, Festival, só de nome, uma vez que os preços dos concertos variam consoante os artistas e os dias das actuações.
15 Outubro

Palco Principal (21h00)
Dez Mona
Rodrigo Leão & Cinema Ensemble 
* bilhetes entre €20,00 e €30,00

Palco Optimus Discos (21h30)
Tó Trips/Tiago Gomes
Mazgani
* bilhetes para os dois concertos a €5,00
 
Misty Sessions (00h00)
Nicole Eitner
Sandy Kilpatrick
Rui Miguel Abreu DJ Set
*bilhetes ao preço único de €10,00

16 Outubro

Palco Principal

Sessão da Tarde (17h00)

Tiago Bettencourt & Mantha
Joan As Police Woman
* bilhetes entre €12,50 e €25,00

Sessão da Noite (21h00)
Foge Foge Bandido

Mark Kozelek
* bilhetes entre €12,50 e €25,00
 
Palco Optimus Discos

Sessão da Tarde (17h30)

Mendes
João Só e Abandonados
* bilhetes para os dois concertos a €5,00 

Sessão da Noite (21h30)
Walter Benjamin

Márcia
* bilhetes para os dois concertos a €5,00
Misty Sessions (00h00)
The Soaked Lamb
Gomo
Rui Miguel Abreu DJ Set
*bilhetes ao preço único de €10,00

17 Outubro
 
Palco Principal
Sessão da Tarde (17h00)

Hindi Zahra
Mayra Andrade
* bilhetes entre €12,50 e €25,00

Sessão da Noite (21h00)

Piers Faccini
Lloyd Cole Small Ensemble
* bilhetes entre €20,00 e €30,00
   
Palco Optimus Discos
Sessão da Tarde (17h30)
Emmy Curl

Frankie Chavez
* bilhetes para os dois concertos a €5,00

Sessão da Noite (21h30)

Minta
Noiserv
* bilhetes para os dois concertos a €5,00

Wednesday, September 01, 2010

Neil Hannon (Divine Comedy) em Novembro em Portugal
















Neil Hannon, o mentor do grupo britânico Divine Comedy, actuará nos dias 29 e 30 de Novembro no Teatro Maria Matos, em Lisboa.