Monday, December 12, 2005

Grandes Regressos



A Espuma das Canções - Rui Veloso


O aguardado regresso da dupla Carlos Té/Rui Veloso confirma tudo aquilo que desde há muito se sabe. Pese embora a habitual resistência de alguns sectores da crítica, a verdade é que esta dupla representa o que de melhor se faz (e tem feito, ao longo de 25 anos) na música em Portugal. Este novo trabalho confirma, mais uma vez, o poder criativo de Carlos Té e o verdadeiro dom de Rui Veloso na interpretação de canções. Um conjunto de grandes temas prontos a ser ouvidos, de preferência, sem complexos de qualquer índole, ou seja, sem a habitual mesquinhez lusitana. Excertos de todos os temas no site oficial.




Extraordinary Machine - Fiona Apple


Embora contando recentemente com, pelo menos, uma nomeação para os Grammys na categoria de melhor álbum pop, este novo trabalho de Fiona Apple é claramente um disco polémico. Não, que o seu alinhamento extravase significativamente aquilo que de bom Fiona nos habituou, ou que o seu conteúdo possa chocar ou impressionar. Este é um disco polémico porque se encontra pronto desde Maio de 2003 mas, por uma decisão incompreensível da editora Sony/Epic, baseada na ideia de que este trabalho não seria suficientemente comercial para vender e, consequentemente, não iria dar o lucro necessário para cobrir o custo da promoção e distribuição, foi guardado a sete chaves até agora. Depois de uma intensa campanha dos fans de Fiona Apple, o álbum foi finalmente editado. E, tal como seria de esperar, é mais uma demonstração de que cantoras como Fiona, simplesmente não fazem coisas más. Estamos perante um belo conjunto de canções pop, onde Fiona alcança a maturidade. Excertos e informações no site oficial.



Aerial - Kate Bush


Desde «The Red Shoes» de 1993, que se aguardava pelo regresso de uma das mais interessantes vozes do Reino Unido. «Aerial» é um trabalho duplo recheado de melódicas canções, onde Kate demonstra de forma inequívoca que, se não tem tido, ao longo dos anos, maior visibilidade e sucesso, tal tem-se devido apenas ao facto de, para ela, isso não ser o mais importante. O que importa verdadeiramente é fazer aquilo que se gosta, cantar o que se deseja e emocionar quem assim pretender. É claro que, com aquela voz, a mesma voz que sempre emocionou e impressionou, que permanece conservada imaculadamente, e aqui e ali ainda conseguindo ser projectada de uma forma mais poderosa, este será certamente um marco na sua carreira e, como tal, vale bem a pena a audição. Excertos e informações no site oficial.